Notícias

10 tendências do mercado imobiliário para 2021

19/05/2021


Pinheiros, Perdizes, Jardins, Moema, Vila Mariana e Brooklin continuam sendo os bairros queridinhos das incorporadoras
Verônica Lima
16/02/2021
 
Pinheiros, Perdizes, Jardins, Moema e Vila Mariana continuam sendo os queridinhos das incorporadoras
O mercado imobiliário sofreu mudanças expressivas com a pandemia do novo coronavírus, desde a transformação das necessidades das famílias, até as transformações tecnológicas que ajudaram o setor a obter maior agilidade e controle para cumprir prazos, reduzir custos e melhorar resultados. Agora, sobre 2021, Cassia Castro, sócia da Eixo Inteligência Imobiliária, acredita que será um ano positivo, mas desafiador, e dita dez movimentos importantes.
 
Para construtoras, quarentena revela que estande não é tão importante
 
“O desemprego elevado e as projeções menores para o crescimento da economia têm preocupado algumas entidades do mercado imobiliário. O setor que mais emprega pessoas está sendo acompanhado de perto para provar que o biênio 2021 e 2022 será de considerável crescimento para a construção civil”, afirma Cassia.
 
Ela ressalta ainda que os incorporadores já se anteciparam à tendência positiva e têm se mostrado otimistas, aumentando suas metas de lançamentos e investindo em tecnologias para ajudá-los a conter a alta de preços de insumos da construção civil, tais como:
 
1) Obras melhores controladas por meio de modelagens como o Building Information Modeling (BIM);
 
2) Utilização de drones e robotização para diminuir erros e automatizar processos;
 
3) Projetos sustentáveis que utilizem energias limpas e renováveis.
 
Dez expectativas do ramo, segundo Cassia Castro, sócia da Eixo Inteligência Imobiliária:
 
1. Com o mercado em alta, mais agressivo e líquido, a permuta deixou de ser a queridinha das incorporadoras, que preferem pagar em dinheiro pelos terrenos, pois acreditam na valorização futura dos imóveis.
 
2. As garantias também estão com os preços elevados – todos os envolvidos em seguros e garantias imobiliárias aumentaram taxas para recompor perdas/indenizações passadas. A alta das garantias pode afetar a rentabilidade de um projeto imobiliário em até cinco pontos percentuais.
 
3. Investidores menores têm procurado incorporadoras de pequeno e médio porte, operando diretamente em projetos.
 
4. A alta do Índice Nacional de Custo de Construção (INCC) e Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) tem levantado a
 
discussão a respeito da inadequação dos índices de correção nas negociações. Para evitar uma crise generalizada, os contratos passam a contar com uma cláusula que substitui o índice de reajuste de maneira a favorecer o equilíbrio do negócio, ou seja, a adoção de uma taxa pré-fixada.
 
5. O metro quadrado subiu quase 40% em algumas regiões. Um imóvel localizado nos bairros mais nobres de São Paulo que antes era negociado a R$ 13 mil, hoje custa R$ 18 mil por m².
 
6. Pinheiros, Perdizes, Jardins, Moema e Vila Mariana continuam sendo os queridinhos das incorporadoras. Muitos lançamentos acontecerão nos próximos meses.
 
7. Estúdios de 30 m² começam a entrar em crise. Com a consolidação do home office e o desinteresse por morar próximo ao trabalho, as novas famílias estão investindo em imóveis maiores – aumenta a procura por apartamentos de 60 m² a 120 m².
 
8. As incorporadoras estão perdendo o interesse por terrenos de 800 m² em relação às áreas que possam abrigar produtos mais imponentes, de dois a quatro mil m².
 
9. A cada dez projetos negociados, cinco são de alto e altíssimo padrão. Incorporadoras valorizam a unidade familiar e investem em altas metragens e inovação arquitetônica.
 
10. Os condomínios de casas também estão aquecidos, inclusive residências dedicadas à população na terceira idade que busca por segurança, apoio e mais qualidade de vida.
 
“Todo esse cenário foi catalisado por uma excessiva oferta de crédito imobiliário jamais vista na história brasileira, com taxas de juros baixíssimas. A cadeia produtiva de maneira geral se beneficiou, pois incorporadores compraram mais terrenos, lançaram mais empreendimentos, construtores aceleraram suas obras e as imobiliárias alcançaram patamares de vendas de imóveis de épocas áureas”, conclui Cassia.


 




Fonte: https://imoveis.estadao.com.br/noticias/10-tendencias-do-mercado-imobiliario-para-2021/

Outras Notícias

Pós-Pandemia: Quais são as previsões para o mercado imobiliário em 2021?

Pós-Pandemia: Quais são as previsões para o mercado imobiliário em 2021? Blog Depois de mais quase 6 meses...

Mercado imobiliário já dá sinais de recuperação, apontam especialistas Recuperação pode seguir o formato em V, que é o mais buscado pelos investidores

O início da pandemia do novo coronavírus, em março de 2020, trouxe uma série de turbulências econômicas para o...

MERCADO IMOBILIÁRIO DO FUTURO – CONFIRA TENDÊNCIAS, PERSPECTIVAS E OPORTUNIDADES! June 12, 2020

Há uma certeza inabalável para quem lida com mercado imobiliário. É a de que a crise e a euforia são passageiras! N...

Mercado imobiliário pode ser importante para alavancar a recuperação econômica do Brasil

O ano de 2020 começou com a promessa de crescimento do mercado imobiliário, representando o motor do avanço da economia no ano. ...

A construção civil ganha um novo reforço nos canteiros de obras: os robôs

Por Tainá Freitas 4 de fevereiro de 2020 às 19:12 Fonte: StartSe Por muito tempo, a tecnologia na construção foi...

Como usar o FGTS no processo de retomada econômica, por Luiz França

Artigo de Luiz França, presidente da Abrainc 17/03/2020 ...

Construção alcança melhor nível de confiança desde maio de 2014

ICST cresceu 2,1 pontos em janeiro frente a dezembro de 2019, chegando a 94,2 pontos. Alta foi influenciada pela melhora tanto da situaçã...

Avanço do comércio online faz de Cajamar a “Faria Lima dos galpões”

Hoje, mais da metade da área dos galpões logísticos de Cajamar é ocupada por empresas do varejo físico e onli...

Recuperação econômica depende do ritmo da agenda interna e aversão global ao risco

Recuperação econômica depende do ritmo da agenda interna e aver...

Exclusividade amplia oportunidades às imobiliárias 24/07/2019

Empresas ainda precisam vencer um importante obstáculo cultural para que o regime se torne efetivo e em cadeia: a gestão compartilhada d...
 
   
Principal
Sobre Nós
Notícias
Responsabilidade Social
 
de
10 tendências do mercado imobiliário para 2021
de
Pós-Pandemia: Quais são as previsões para o mercado imobiliário em 2021?
de
Mercado imobiliário já dá sinais de recuperação, apontam especialistas Recuperação pode seguir o formato em V, que é o mais buscado pelos investidores
de
MERCADO IMOBILIÁRIO DO FUTURO – CONFIRA TENDÊNCIAS, PERSPECTIVAS E OPORTUNIDADES! June 12, 2020
 Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
0900 Repita ao lado:
redesp_facebook.pngredesp_google_plus.pngredesp_skype.pngredesp_twitter.pngredesp_youtube.pngredesp_delicious.pngredesp_linkedin.pngredesp_pinterest.pngredesp_rss.pngredesp_vimeo.pngredesp_instagram.png
  • Olá, Tudo bem?

    09:23

  • Tem alguma dúvida, gostaria de mais informações?

    09:23

  • Entre em contato via whatsapp

    09:23

icone-whatsapp 1
 
 
 
Partner Real Estate - Corretora de Imóveis & Associados
São Paulo /SP
Creci 032245-J SP
Telefone: (11) 2837-8972 / WhatsApp (11)96914-7972 
E-mail: contato@partnerrealestate.com.br
Informações no site podem ser alteradas como também conter erros e/ou divergências que devem ser conferidas.




 
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias